Posts com a Tag ‘usb’

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

“Mouse”, o avanço tecnológico.

Você já se imaginou usando algum computador de mesa sem o famoso “mouse”? Seria meio complicado, não?

O invento foi desenvolvido em 1967, por Douglas Engelbart, que depois de tantos anos da sua invenção ganhar e conquistar o mundo, faleceu nesta terça-feira (02/07/2013). adidas superstar aliexpress Em 1970, Engelbart obteve a patente da sua criação mais famosa, também conhecida como “indicador de posicionamento X e Y para monitores”, mas foi responsável por, no mínimo, outras 20 patentes de tecnologia.

Inicialmente o mouse era composto por uma “caixa” de madeira com duas rodas de metal e um botão vermelho. adidas chaussures Nas décadas de 1970 e 1980, o invento começou a ser aprimorado pelo centro de pesquisas da XEROX PARC. Logo em seguida, Stevie Jobs implantou o a nova tecnologia no Lisa, o novo computador que estava sendo criado para a Apple. baskets adidas Bill Gates, que na época já havia formado a Microsoft, trabalhou em cima do modelo do computador Lisa para desenvolver o Windows, com o objetivo de criar um melhor sistema em relação ao de Jobs. Alguns dizem que o Windows foi criado à volta do mouse, e muitos afirmam que seria impossivel a navegação pela internet sem o uso do invento. Você já tentou utilizar a rede sem o mouse ou quais quer outras adaptações do dispositivo?

Os avanços tecnológicos obtiveram significativas melhorias desde a criação do “rato”, termo abrasileirado, e não foi diferente com o próprio. O dispositivo é responsável por quatro operações básicas: o movimento, o clique, o duplo clique, e o arrasta e larga. Pode ser ligado ao computador por conexões PS2 ou USB. Também existem conexões sem fio, por interface ou bluetooth.

O desenvolvimento do mouse e a adaptação do mesmo para outros aparelhos, resultou na criação de novos indicadores como os Touchpads, os Trackballs, e até mesmo os Joysticks (utilizados em aparelhos touch).

Não só atualizado tecnologicamente, o mouse ganhou também diversos modelos e estampas.

quarta-feira, 13 de março de 2013

Câmera para vestir? Lifelogging Camera Memoto

Já imaginou ter uma timeline da sua vida totalmente retratada por imagens? E melhor, uma imagem a cada 30 segundos! A Lifelogging Camera da MEMOTO, a câmera para vestir, chegou para organizar as suas lembranças detalhadamente.

A câmera que captura duas imagens por minuto tem um longo período de duração de bateria, aproximadamente de 2 dias. Para recarregar a bateria basta conectá-la ao computador pelo cabo USB, e simultaneamente as fotos são transferidas via Wi-Fi.

Com um GPS integrado, a Mermoto organiza as suas imagens em ordem cronológica e as mapeia, tendo a capacidade de armazenamento de 4.000 fotos. A câmera tem feito sucesso no festival SXSW, em Austin, Texas, que iniciou dia 8 de Março e  acontece até o dia 17 de Março, edição 2013. Agora imaginem isso, poder registrar um festival, uma viagem, o seu dia a dia, sensacional né?

Memoto Pre-order Product Video from Memoto on Vimeo.

E detalhe, a Lifelogging não tem botões!!! Você dever estar se perguntando “Como isso? Como desligar a câmera então?” Basta você cobrir a objetiva, um exemplo é deixá-la sob a mesa com a lente para baixo, ou em um local totalmente escuro. Gostou? Você retrataria sua vida constantemente com essa pequena invenção?

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Pilhas Eco Friendly

Já falamos algumas vezes sobre produtos que podem ser reutilizados e também sobre o consumo consciente. Mas quando se trata de produtos eletrônicos, pilhas e lâmpadas o assunto complica, pois é necessária um estocagem especial. Falando especificamente em pilhas, todos os anos, são produzidas cerca de 15 bilhões delas, e se todas elas se unissem umas às outras, conseguiriam formar uma coluna que dava para chegar à Lua e voltar.

O bom é que existem pessoas e empresas criativas dispostas a mudar esta situação! É o caso da USBCELL, que pode ser carregada em outros dispositivos elétricos dispensando o uso de carregadores.

Apesar do fabricante destacar a redução de resíduos no ambiente, todas as pilhas incluem metais pesados e outras substâncias nocivas. Porém o impacto é menor pela possibilidade de reutilizar as pilhas, em vez de comprar umas novas, mas esta característica é comum nas recarregáveis. O fato de dispensar o carregador é ecologicamente positivo: é menos um equipamento elétrico. Mas há o risco de gastar mais em energia se, por exemplo, ligar o computador só para carregar as pilhas. Aproveite para fazê-lo enquanto trabalha ou joga.


As pilhas foram projetadas e testadas para suportar até 500 carregamentos e a USBCELL utiliza um terminal USB que deve ser conectada à uma porta USB do seu computador, notebook ou console de jogos, para carregar a bateria para novo uso.