Arquivo de março de 2013

segunda-feira, 18 de março de 2013

Asys, máquina de ideias!

Em comemoração ao dia 18 de Março, dia da Evolução do Design, oferecemos este post para toda equipe Asys como uma forma de homenagear nossas mentes brilhantes.


Começamos então com o Sr. Carlos Alberto Wanner de Assis, fundador da Empresa Asys Conceitos Inovadores, considerado uma máquina de ideias, que ao se deparar com alguma dificuldade ou necessidade, faz jus ao nome da marca, e a partir daí, não se intimida pelo desafio imposto e logo busca uma solução para o problema, partindo para a “mão na obra”. Com o protótipo em mãos então, mostra para todos ao seu redor, recebendo sugestões e recolhendo opiniões para melhor aperfeiçoar o equipamento.


Cristiano Assis, filho do Sr. Carlos Alberto, também participa do processo de criação, trabalhando com toda engenharia de produção. Investiga quais materiais são propícios, a durabilidade que tal produto adquira e principalmente a segurança da peça para o bem estar do usuário.

Atualmente o visual recebe grande atenção por todos, e os produtos desenvolvidos pela Asys Conceitos Inovadores são projetados para satisfazer usuários de tecnologia de ponta, tecnologias estas que apresentam o que se tem de mais avançado em design no mercado mundial.


São varias ideias e soluções doadas por cada membro da equipe Asys. A criação de uma premiação interna para as ideias mais criativas não se deu do nada. Todas as características apresentadas, fazem com que sejamos referência em termos de suportes para produtos tecnológicos, exportando-os para diversos países. Um trabalho conjunto que faz com que o sucesso na criação e inovação seja uma consequência da busca continua em satisfazer as necessidades, acabando por alcançar o nossos objetivos, que unem funcionalidade e segurança, em harmonia com o design.

quarta-feira, 13 de março de 2013

Câmera para vestir? Lifelogging Camera Memoto

Já imaginou ter uma timeline da sua vida totalmente retratada por imagens? E melhor, uma imagem a cada 30 segundos! A Lifelogging Camera da MEMOTO, a câmera para vestir, chegou para organizar as suas lembranças detalhadamente.

A câmera que captura duas imagens por minuto tem um longo período de duração de bateria, aproximadamente de 2 dias. Para recarregar a bateria basta conectá-la ao computador pelo cabo USB, e simultaneamente as fotos são transferidas via Wi-Fi.

Com um GPS integrado, a Mermoto organiza as suas imagens em ordem cronológica e as mapeia, tendo a capacidade de armazenamento de 4.000 fotos. A câmera tem feito sucesso no festival SXSW, em Austin, Texas, que iniciou dia 8 de Março e  acontece até o dia 17 de Março, edição 2013. Agora imaginem isso, poder registrar um festival, uma viagem, o seu dia a dia, sensacional né?

Memoto Pre-order Product Video from Memoto on Vimeo.

E detalhe, a Lifelogging não tem botões!!! Você dever estar se perguntando “Como isso? Como desligar a câmera então?” Basta você cobrir a objetiva, um exemplo é deixá-la sob a mesa com a lente para baixo, ou em um local totalmente escuro. Gostou? Você retrataria sua vida constantemente com essa pequena invenção?

segunda-feira, 11 de março de 2013

Li-Fi

Você também tem um certo amor pelo Wi-Fi? Pela liberdade de não necessitar de fios para se conectar? Ou até mesmo pela velocidade com que as recebe e envia informações? Mas você já imaginou uma transmissão de dados, mais rápida e mais barata que a atual? Fique atento, porque essa recepção e envio de dados pode começar a ser feita via LUZ.

A nova tecnologia está sendo chamada de Li-Fi, que consiste simplesmente em uma mudança de códigos. Onde hoje é utilizado o bit (“1″ e “0″), passará a equivaler a luz (acesa e apagada). O significado de Wi-Fi, é wireless (sem fios), e tendo-o como base, o Li-Fi significará light (luz).

Para quem esta se perguntando “como assim pela luz?” A resposta é simples, a técnica se dá através de um aparelho, um modulador, que faz com que a luz pisque rapidamente, apagando e acendendo tão rápido que é imperceptível ao olhar humano. Acesso seria equivalente a “1″, e apagado a “0″ no código atual.

E não se preocupem, os estudiosos e cientistas também já aprovaram uma lâmpada que suportaria tal carga. Esta lâmpada é semelhante a lâmpada de LED, mas pesquisadores da Universidade de Strathclyde, desenvolveram uma MicroLEDs, que é 1/1000 mm² o tamanho e que piscam 1000 vezes mais rápido que as LEDs normais. Além de tudo isso a MicroLED é capaz de codificar e decodificar 1 milhão de vezes mais informações que os LEDs. De início a produção destas poderá ter um valor elevado, mas os conhecedores do assunto acreditam que será possível o baixo custo, dependendo da produção e da aceitação da tecnologia no mercado.

O conceito principal desta nova tecnologia é simples “safe, secure, efficient”. Estamos torcendo para que chegue logo ao mercado, mas isso só será possível com inserção da nova iluminação para os ambientes, seja em casa ou nos escritórios. Você acha que tal adaptação será possível em pouco tempo? A ideia de se conectar à rede pela luz lhe é positiva? Bom, por enquanto basta esperar para testar o Li-Fi!